Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Os trabalhos de desenvolvimento de novas tecnologias realizados na capital distribuídos para resto do mundo foram apresentados ontem (13/8), ao prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e também à primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro. A apresentação foi feita por integrantes do Samsung Instituto de Desenvolvimento para a Informática da Amazônia (Sidia).

O Sidia é um centro de pesquisa, desenvolvimento e inovação sediado em Manaus, responsável por implementar soluções inovadoras para o mercado local e global, por meio de pesquisa e desenvolvimento. Durante a reunião, os representantes informaram que o instituto é pioneiro na América Latina no desenvolvimento de solftwares para telefone celular e tablets, além de ser o maior parceiro da Samsung, também na América Latina, neste tipo de desenvolvimento.

“Esse projeto Sidia/Samsung, para mim é o pontapé inicial na idealização e construção de um polo de alta tecnologia em Manaus, como já existe, por exemplo, em Recife. Este é um sonho nosso e a Samsung andou um passo à frente. E tenho a impressão que vamos ver aqui muitas empresas novas saindo deste empreendimento, germinando em muito progresso, em muitos avanços e vamos ver Manaus dar uma arrancada em direção a sua maior idade tecnológica. O trabalho do Instituto Sidia é admirável e merece todo o respeito e colaboração por parte da prefeitura de Manaus, porque sabemos da importância que ele tem para a nossa terra e para os nossos jovens, sobretudo”, destacou Arthur Virgílio.

Para trabalhar ainda mais o desenvolvimento de tecnologias em Manaus, o Instituto Sidia, em parceria com a Samsung, investiu em um novo espaço e comprou o imóvel onde antes funcionava o hotel Caesar Business, na zona Centro-Sul, que será submetido a uma reforma e promete ser um grande centro de pesquisa e desenvolvimento na capital amazonense.

“A nossa intenção foi mostrar para o prefeito Arthur Neto que hoje temos um grande centro de desenvolvimento de pesquisa e desenvolvimento de software pioneiro na América Latina, em alto nível de tecnologia, demonstrando que a Samsung, que é a nossa criadora e mantenedora, confiou na capacidade de desenvolver um alto nível de tecnologia aqui em Manaus. E por isso, investiu no instituto e por conta disso nós fomos crescendo e hoje estamos divididos em três prédios e para um futuro próximo, nós compramos um prédio, com recursos próprios e também da Samsung, e vamos concentrar todos os nossos desenvolvedores, engenheiros, designers, nesse prédio para que possamos alcançar novos patamares de desenvolvimento tecnológico e, assim, contribuir com o futuro da cidade também”, ressaltou a diretora administrativa do Instituto Sidia, Vânia Capela.

O prefeito conheceu, ainda, os trabalhos feitos em realidade aumentada, inteligência artificial, internet das coisas, e testou o óculos de realidade virtual desenvolvido pelo Sídia em Manaus.


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share