Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O tenente-coronel da Polícia Militar, Helliton Levy Carvalho Sá, acusado de na noite do último domingo bater quatro veículos que estavam estacionados na Rua Fernão Dias Paz, no conjunto Dom Pedro 2, Zona Centro-Oeste de Manaus, foi exonerado do cargo de assessor de gabinete do subcomandante, coronel Eliezer Almeida da Silva.

A exoneração foi uma determinação do comandante geral, coronel PM Almir David, revoltado com o fato do assessor do sub, acusado de bêbado, ter batido num Celta vermelho de placas OAE 0083, um Logan preto de placas NOI 9881, um Megane prata de placas JXQ 2940 e um Fiesta de cor preta e placasNOO 8672.

O ex-assessor, além de arcar com os prejuízos das vítimas, ainda irá responder a Processo Administrativo Disciplinar e poderá ser punido administrativamente.

Entenda o caso

No último domingo o tenente coronel, Helliton Levy, trafegava em sua picape uma S 10 de cor preta, pela Rua Fernão Dias, no Dom Pedro, quando bateu em quatro veículos que estavam estacionados na via. O oficial depois de causar o acidente fugiu em seu veículo, sendo perseguido pelos proprietários dos veículos, mas no conjunto Ajuricaba, conseguiu entrar em sua casa.

Os proprietários dos carros, um Celta, vermelho e placas OAE 0083, um Logan, preto e placas NOI 9881, um Megane, prata e placas JXQ 2940 e um Fiesta, de cor preta NOO 8672, estavam em uma aniversário de criança quando foram surpreendidos com um barulho na rua e quando foram ver perceberam o estrago e uma picape preta empreendendo fuga.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •