Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Alunos, pais, professores, pedagogos das 498 escolas e servidores dos prédios administrativos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, ontem (14/8), do Dia da Motivação pela Leitura entre os Estudantes, com tema “Ler é legal, a qualquer hora!”, na rede municipal de ensino.

O dia da leitura é recomendado pela Lei Municipal nº 2.168, de 22 de setembro de 2016, que dispõe sobre a criação do Dia da Motivação da Leitura nas escolas da cidade de Manaus. A ação faz parte do programa Viajando na Leitura, desenvolvido Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed.

A coordenadora do programa Viajando na Leitura, Madalena Mesquita Moleiro, explicou que todos os setores da sede foram mobilizados para um momento de leitura, além das atividades realizadas nas unidades de ensino com os alunos, educadores, servidores e comunidade.

“Foi reservada uma hora para que todos pudessem ler qualquer coisa como gibis, revistas, livros e jornais. A ideia é fazer com que as pessoas parem e pensem que o momento de ler deve ser parte do cotidiano de todos”.

A Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAN), por exemplo, arrecadou 40 livros paradidáticos e de literatura entre os funcionários do próprio setor, que serão doados às escolas da rede. O setor realizou, ainda, um café literário com contação de histórias infantis. A chefe Nubia Breves relatou sobre a experiência. “Fazer leitura coletiva e falar um pouco dessa leitura foi muito bom. Trouxemos a literatura infantil, tão esquecida, de volta às nossas origens. É um momento rico, porque os servidores vivem em um clima intenso do trabalho cotidiano, que, quando têm essa parada, eles relaxam”, disse.

Atividades

A Escola Municipal Aderson Pereria Dutra, no bairro Amazonino Mendes, zona Centro-Sul, realizou sua programação com trabalho interdisciplinar com contos, fábulas, poemas, histórias contemporâneas e parlendas. A diretora Simone Brelaz falou sobre as salas temáticas, trabalho desenvolvido pelos 690 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da escola. “Nós já trabalhamos esse tema da leitura continuamente em sala de aula. E hoje estamos realizando o evento junto com toda a secretaria, um trabalho de toda rede engajada na leitura”, comentou.

Finalista do curso de Química pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), André Dutra de Castro, 33, pai da aluna do 2º ano matutino, Kássia Castro, 7, elogiou as atividades da escola. “A leitura é super importante para os alunos terem uma base. Acompanho minha filha na parte da leitura e o projeto de incentivo é importante nesse começo de ensino dos alunos”, contou.

Para aluna do 4º ano, Ágata Mendes, 9, que participou na programação da escola com a pesquisa sobre a autora Cecília Meirelles, considera a leitura fundamental. “A leitura para mim representa tudo e ensina até Matemática. Leio muito na escola e em casa com frequência. Agora estou lendo a biografia da autora e tudo que ela fez”, contou.


Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares