Uma comitiva do Partido Social Liberal do Amazonas (PSL-AM) vai visitar 14 municípios do Amazonas durante esta semana que antecede o dia das eleições. O objetivo é fortalecer o apoio e pedir votos para o presidenciável Jair Bolsonaro. Na comitiva, estarão os dois deputados eleitos pelo partido neste pleito, o deputado estadual Delegado Péricles, deputado federal Delegado Pablo e ainda o presidente do PSL no Amazonas o Tcoronel Ubirajara Rosses.

De acordo com o presidente estadual da sigla, os municípios foram escolhidos pelas calhas de rios importantes onde Jair Bolsonaro teve uma quantidade baixa de votos e que nesta reta final precisa ser revertido. O presidenciável teve pouco mais de 185,7 mil votos no interior do Amazonas.

“Estamos há uma semana do dia da votação, precisamos aglutinar o maior número de apoiadores nos municípios e a maior quantidade possível de votos para o nosso presidente. Vamos usar uma artilharia pesada e multiplicar essa quantidade de votos que o interior deu a ele no primeiro turno já que por falta de recursos, não conseguimos chegar nem em 10% das cidades do interior do estado”, anuncia o presidente do partido, coronel Ubirajara Rosses.

Para o líder do PSL é preciso mostrar aos moradores do interior quem é Bolsonaro e suas reais propostas. “Mostrar que o Brasil vai mudar com ações de amor a Pátria, e que o Amazonas tem papel fundamental na política de fortalecimento da economia para geração de emprego e renda.
O voto no 17 é a resposta do povo há anos de abandono e o PSL é o partido de Bolsonaro, o candidato da esperança e de todos os brasileiros indignados,” justifica.

Entre os municípios que serão visitados estão Coari, Tefé, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Benjamin Constant, Eirunepé, Humaitá, Apuí, Parintins, Maués, rio preto da Eva, presidente Figueiredo, Iranduba e finaliza com uma grande mobilização em Manacapuru.

No primeiro turno, Jair Bolsonaro teve 805.902 votos no Amazonas 43,48%, em Manaus ele teve 620.178 ou seja 57,30% do eleitorado da capital.