Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

O São Paulo encarará nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Colón, da Argentina, pela ida da segunda fase da Copa Sul-Americana, atravessando momento totalmente diferente ao de três meses atrás, quando avançou na competição ao bater o Rosario Central, compatriota do próximo adversário.

No dia 9 de maio deste ano, já sob o comando do uruguaio Diego Aguirre, o Tricolor evitou a terceira eliminação na temporada, depois de cair nas semifinais do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, e na quarta fase da Copa do Brasil, em que duelou com o Atlético Paranaense.

Após empatar sem gols com o Rosario, no estádio Gigante de Arroyito, o São Paulo passou pela equipe argentina por 1 a 0, no Morumbi. A classificação veio graças a gol do meia-atacante Diego Souza, anotado aos 15 minutos do segundo tempo.

Depois da vitória, os comandados por Aguirre mantiveram a boa fase e confirmaram o início promissor no Brasileirão. Desde o jogo do dia 9 de maio, foram 12 compromissos, com oito vitórias, dois empates e apenas duas derrotas. Com isso, a equipe aparece na vice-liderança do campeonato nacional.

O Tricolor teria dois desfalques na partida desta quinta-feira, devido as expulsões do volante Petros e do meia peruano Christian Cueva, na partida com o Rosario. Ambos, no entanto, acabaram negociados, com Al-Nassr, da Arábia Saudita, e Krasnodar, da Rússia, respectivamente.

Além disso, o São Paulo tem três reforços para encarar o Colón, o lateral-direito Bruno Peres, que veio da Roma, o atacante equatoriano Joao Rojas, que veio do Cruz Azul – ambos reforços que chegaram durante a Copa do Mundo -, e do meia-atacante Everton, contratado junto ao Flamengo ainda em abril deste ano.

Titular absoluto da equipe, o canhoto já estava no clube paulista durante os duelos com o Rosario, mas não atuou devido ao fim do prazo de inscrição para os compromissos da primeira fase.

Além disso, o zagueiro equatoriano Robert Arboleda retornará ao Tricolor, após cumprir suspensão na vitória sobre o Cruzeiro, domingo, pelo Brasileirão. Nesta segunda-feira, no entanto, o jogador ficou fora de treino, por ter se envolvido em acidente de carro.

O Colón, por sua vez, avançou na Sul-Americana com duas vitórias sobre o Zamora, da Venezuela, por 2 a 0, fora, e por 1 a 0, em casa. A equipe da cidade de Santa Fé, inclusive, foi a única que avançou na competição sem qualquer tropeço.

A boa notícia para o técnico Eduardo Domínguez é o retorno do atacante Javier Correa, que marcou um dos gols da equipe na competição e mais dez na última edição do Campeonato Argentino, encerrado em maio último. O jogador se recuperou de lesão muscular e está liberado para a partida.

Para o segundo semestre e o restante da Sul-Americana, o Colón tem como principal novidade o volante Franco Zuculini, revelado pelo Racing e que já foi apontado como uma das revelações do futebol argentino, defendeu Hoffenheim, Genoa, entre outros, e vem de passagem apagada pelo Verona.

Prováveis escalações:.

São Paulo: Sidão; Éder Militão (ou Bruno Peres), Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Liziero e Nenê; Rojas, Diego Souza e Everton. Técnico: Diego Aguirre.

Colón: Burián; Toledo, Godoy, Ortiz e Escobar; Estigarribia, Fritzler, Bastía e Bernardi; Ruiz e Correa. Técnico: Eduardo Domínguez.

Árbitro: Leodan González (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Miguel Nievas e Carlos Barreiro.

Estádio: Morumbi, em São Paulo. (Agência EFE)


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share