Edilene Oliveira, mesmo como marido José Melo cassado mostra força na administração estadual
Compartilhe
  • 150
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    150
    Shares

A ex-primeira-dama do Estado, Edilene Gomes de Oliveira mostrou que mesmo com o marido José Melo, cassado por compra de votos pelo Tribunal Superior Eleitoral, ainda tem força na administração estadual e principalmente junto ao governador Amazonino Mendes (PDT). Fontes do Fato Amazônico afirmam que foi ela quem intermediou a volta de Cheila Cristina Bortoleto, para a Superintendência Estadual de Habitação.

As bênçãos para a volta da apadrinhada por Edilene Oliveira foi dada pelo presidente da Suhab, o vereador licenciado Diego Afonso, filho do deputado estadual Adjuto Afonso.

A nomeação da ex-diretora, assinada por Amazonino Mendes, foi publicada no Diário Oficial do Estado da última terça-feira (14).

 


Compartilhe
  • 150
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    150
    Shares