Por Priscila Baracho – “Mira, concentra e vai”, comanda o instrutor durante a prova de arco e flecha, uma das atividades promovidas no VIII AcampIdoso da região norte e centro-oeste do Amazonas. O acampamento exclusivo para aqueles que estão na considerada “melhor idade” é um dos momentos mais esperados do ano para essa turma que esbanja disposição.

Maria Graciete da Silva acabou de completar 60 anos e participou pela primeira vez do acampamento. Assim que terminou a prova de arco e flecha, ela conversou conosco. “Eu gostei das atividades e estava ansiosa pra vir, fazer novos amigos”, sorri a idosa. A Jandira Mendonça já participava do acampidoso desde a primeira edição, mas ajudando nos bastidores com o seu clube. Este ano ela veio como acampante, pois completou a idade para participar. “O grupo é valorizado quando se tem esse tipo de evento, os idosos ficam felizes e a auto-estima só cresce”, destaca.

Junto com elas, mais de 130 idosos também participaram de atividades sociais, físicas e espirituais no último final de semana. O acampamento promoveu atividades como tiro ao alvo, vôlei, arremesso de peso, entre outras. Eles também escolheram o rei e rainha 2018, um dos momentos mais aguardados pelos participantes.

Na região norte e centro-oeste do Amazonas são mais de 17 clubes de idosos que realizam atividades espirituais e de ajuda ao próximo durante todo o ano. O acampamento busca fortalecer a vida espiritual dos idosos, incentivar a prática de atividades físicas para a saúde e promover interação. Para o líder da área na região, pastor Abdoval Cavalcanti, o acampidoso é um momento onde os idosos reafirmam a capacidade de continuar trabalhando e sendo útil na igreja ao se envolverem com as atividades. (Fonte Aceam)