O advogado Rafael Romano Junior, em carta aberta repudia a decisão da ex-esposa, Luciana Pires (Montagem Fato Amazônico)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O advogado Rafael de Araújo Romano Junior, em carta aberta distribuída nesta quinta-feira, 22, aos veículos de comunicação de Manaus, repudia a decisão da ex-esposa, Luciana Pires, de tornar público o suposto envolvimento em caso de pedofilia do desembargador aposentado, Rafael Romano, com a sua própria neta.

De acordo com o advogado, que é filho do ex-magistrado e pai da adolescente, supostamente molestada desde os sete anos de idade, a decisão de Luciana é fruto de forte fragilidade emocional provocada, segundo ele, em meio a processo de separação tumultuado que se desenrola havia sete anos.

“A denúncia contra o meu pai causou-se extremo sofrimento principalmente pela utilização da milha filha como objeto de vingança”.

Leia


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •