Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

No almoço de quinta-feira (13), realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), esteve presente o candidato ao Governo do Amazonas pela coligação ‘Renova Amazonas’, David Almeida (PSB), expondo os principais projetos do plano de governo, se eleito no pleito deste ano.

Além do candidato do PSB, estiveram presentes Chico Preto (PMN), vereador e candidato a vice-governador; Serafim Correa (PSB), Abdala Fraxe (Podemos), Platiny Soares (PSB), Deputados Estaduais e candidatos à reeleição; Francisco Souza, também Deputado Estadual e candidato a Deputado Federal; e Marcelo Serafim (PSD), vereador de Manaus e candidato a Deputado Federal.

David Almeida disse que está preparado para assumir novamente o Governo do Amazonas. Na ocasião, o candidato apresentou suas propostas aos lojistas e destacou a geração de empregos, melhoria da segurança e educação. Vale ressaltar que Almeida foi governador interino, por quatro meses, no ano passado, após a cassação do ex-governador José Melo (PROS).

“Me sinto preparado para assumir o cargo de governador. Ano passado estive à frente do governo por 144 dias. Vivíamos a maior crise do Brasil. Assumi o governo com 688 milhões de déficit, entregamos o Estado com 456 milhões em caixa”, ponderou.

Dentre as observações apresentados pelo candidato quando governador, David Almeida disse ter realizado a maior promoção da Polícia Militar. Segundo ele, pagou o escalonamento dos servidores da segurança, além de comprar munições e armamento, e incentivar os policiais. “Me sinto preparado para discutir o Estado. O Amazonas é um Estado rico e temos serviços suficientes para ser desenvolvido”, ao destacar que, na opinião dele, o governo não pode ser fatiado e ter nas secretarias pessoas sem qualificação. “Vamos priorizar o conhecimento e a meritocracia para o estado”, comentou.

O parlamentar afirmou que vai implantar, para a geração de emprego e renda, um programa que atenda às necessidades da população e trabalhar para tornar o Distrito Industrial um porto seguro para investidores e investimentos. “Temos que vender melhor o nosso Distrito Industrial, como porto seguro da Indústria. Para gerar emprego e renda é necessário focar em infraestrutura e logística no Amazonas. Vamos usar a força política para asfaltar o trecho do meio da BR-319. O transporte sairá de 12 dias para 2 dias”, expos.

Além disso, trabalhar para que o PIM possa produzir placas de energia solar, gerando mais postos de trabalho na capital foi um dos pleitos que foram apresentados por Almeida na CDL.

Finalizando o encontro, David Almeida criticou o programa de asfaltamento de ruas da capital e interior reeditado em ano eleitoral. “O povo só é visto pelo Estado de quatro em quatro anos, e para mostrar trabalho, dão início a recapeamento das vias, sobretudo, de péssima qualidade. Se coloca asfalto e no ano seguinte é preciso refazer pela ausência de saneamento e planejamento. É dinheiro público desperdiçado e pessoas passam a morrer pela falta de medicamentos nos hospitais e pela falta de segurança. Quero e tenho como desenvolver o meu Estado”, concluiu.


Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares