Amazonino Mendes e Rebecca Garcia (Foto Fato Amazônico)

O governador Amazonino Mendes oficializou, na manhã deste domingo, a candidatura à reeleição durante a convenção do PDT. Em seu discurso, Amazonino enaltece o papel da mulher na política e torna a defender a consultoria em segurança pública do ex-prefeito de Nova York. “É preciso paciência”. A ex-deputada federal Rebecca Garcia, do PP, foi apontada como candidata à vice-governadora na chapa.

Rebecca disse que a decisão de ser vice de Amazonino foi baseada em pesquisas pré-eleitorais. “Há menos de um ano, fui candidata a governar esse Estado, numa chapa contra o senhor. E o povo do meu Estado disse que era o senhor que eles queriam lá. Trabalhos em pesquisas agora e todas mostram que o Amazonino é o que povo ainda quer em 2018”, afirmou a ex-deputada que aguarda apenas a convenção do PP, marcada para o dia 4 de agosto, para oficializar a condição de vice.

“Estamos abertos a novas coligações, a ampliação de alianças nas chapas majoritária e proporcional. O Amazonino é um homem de bem que quer receber todos os apoios possíveis”, afirmou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Amazonino Mendes, ao anunciar sua candidatura a reeleição afirmou que recebeu do povo uma missão no ano passado, mas que um ano é pouco para fazer tudo. “Cumpri meu dever, o Estado é outro”, disse o governador, afirmando há dez anos o interior não via uma gota de asfalto, mas agora está vendo. “Nós vamos asfaltar Manaus, também. Isso é trabalho, é respeito, é amor”, acrescentou o governador.

O governador justificou o porquê de se candidatar para a reeleição. “Por que que esse homem que já foi quatro vezes governador, ainda quer ser governador? Que fome é essa? Eu abro esse peito para dizer a vocês que é por ti, é pelo estado. Esse estado que eu amo e nunca deixei de amar. Esse estado que durante muito tempo eu chorei lágrimas solitárias ao ver o descarrilamento, ao ver o sofrimento do povo, do abandono, do estabelecimento do caos.”, comentou o pedetista.

O pré-candidato ao senador, Alfredo Nascimento (PR) lembrou em seu discurso de sua trajetória política e disse que por gratidão está no palanque de Amazonino. “O seu amigo está de volta”, disse o presidente do PR no Amazonas.

Representantes dos partidos da República (PR), Democrata Cristão (DC), Solidariedade (SD), Progressista (PP), Partido Verde (PV), Popular Socialista (PPS), estiveram presentes no encontro pedetista, neste domingo.