Éverton, do Grêmio e Lucas Paqueta, do Flamengo, concedem entrevista coletiva no hotel Westin Newport em New Jersey. Lucas Figueiredo/CBF
Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares

Dois dos destaques do Campeonato Brasileiro concederam entrevista coletiva nesta segunda-feira, nos Estados Unidos, pela Seleção Brasileira. Everton, do Grêmio e Lucas Paquetá, jogador do Flamengo falaram a respeito do já tradicional trote entre os jogadores novatos do Brasil.

“É bom não ser o único novato. Cantar junto na prenda é melhor do que cantar sozinho. Receberam bem a gente e esperamos trabalhar muito para permanecer”, afirmou o camisa 11 do Flamengo.

Ainda antes do primeiro treino em solo norte-americano, os atletas ressaltaram que querem ajudar a Seleção, independentemente da posição em que atuarem. Everton, frisou a versatilidade no ataque.

“Futebol de hoje em dia enaltece a versatilidade do ataque, atuar dos dois lados do campo, por dentro, falso 9. Estou pronto, preparado para que o professor precisar. De ambos os lados temos opções de alto nível e quero aprender com eles”, disse o atacante gremista.

Em compensação, Paquetá gosta de atuar em todas as posições do meio-campo, seja aberto ou centralizado. “Me sinto mais confortável jogando no meio, seja direita ou pela esquerda. Mas ainda não conversei com Tite sobre posicionamento, ele apenas me ligou para dar os parabéns”, explicou.

Nesta sexta-feira, o Brasil fará amistoso contra os Estados Unidos às 20h30 (horário de Brasília). No dia 11, a equipe comandada por Tite voltará aos gramados diante de El Salvador.

(Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares