A Prefeitura de Manaus deu início, nesta semana, às aulas da Oficina Natal Sustentável, a última da programação de oficinas de reaproveitamento de resíduos oferecidas este ano pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). A inscrição acontece no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam) do Uai Shopping São José, na zona Leste, e os interessados devem levar um  documento de identificação. 

A oficina se tornou uma tradição do calendário anual de atividades do Programa Uniambiente, e já é oferecida pelo sétimo ano consecutivo. Tem como finalidade incentivar o reaproveitamento de resíduos para confecção de peças decorativas natalinas a partir de matéria-prima reaproveitável. 

O chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, explica que a cada ano a oficina inova na criatividade com peças diferentes feitas a partir da reutilização do pet, papelão, revistas, jornais, entre outros. Ano passado, além de guirlandas, bolas, árvores de Natal e papais-noéis, a oficina ensinou a confeccionar uma rena com papel-jornal, que fez bastante sucesso. A peça foi concebida pela técnica em Educação Ambiental da Semmas, Francisca Godinho, instrutora da oficina.

A oficina acontecerá ao longo do mês de outubro e novembro (a depender da demanda), nos horários das 8h às 11h e das 13h às 16h, de segunda a sexta-feira. As aulas acontecerão até 31 de outubro, com possibilidade de ser estendida até o mês de novembro. A oficina contribui também com a geração de renda dos participantes.

O início antecipado das aulas, em outubro, se deve à grande procura e à necessidade de tempo hábil para confecção e comercialização das peças. Os itens natalinos são fáceis de confeccionar e têm como principal característica a durabilidade. Os interessados podem ligar para a Divisão de Educação Ambiental da Semmas, pelo 3236-8587, para obter mais informações.

O Espaço Ecam Uai Shopping é gerido pela Semmas, por meio de parceria firmada com a Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias (Vemaqa), do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Este ano, já foram realizadas 15 oficinas.