Luciano, Pivete, estava foragido.

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos – DERFV/ 12º DIP efetuou a prisão do quinto membro da quadrilha que matou o motorista de aplicativo.

No final de setembro o motorista de aplicativo, Sidney Barbosa de Araújo, 41, foi morto após assalto e seu corpo encontrado abandonado em terreno baldio, no bairro São José, Zona Leste.

A quadrilha era composta por cinco criminosos e na manhã de terça-feira (16/10), quatro envolvidos foram presos durante a Operação Rota 99. Luciano Bezerra conhecido como ‘Pivete’ e ‘Blindado por Deus’, 19, estava foragido e foi encontrado na tarde de ontem (18/10), em uma residência próximo ao município de Presidente Figueiredo.

O indiciado por latrocínio não negou a autoria do crime, confessou ter amarrado a vítima e ser autor de uma facada. Afirmou várias vezes que a intenção não era matar, mas pelo fato de Sidney ter reagido, eles o levaram para o matagal e o mataram.

Luciano ainda pediu perdão a família

Entenda o caso

A vítima foi encontrada num matagal na Rua Rio Acari, na Zona Norte da cidade, morta com uma faca cravada no olho e diversas lesões provocadas por arma branca.

Durante a Operação Rota 99, foram presos Adelia Frota Dias, 37, Joel Dantas da Silva, 43, Junio da Silva Pereira, chamado de ‘J2’, 34 anos e Alice Almeida de Souza, 34.

Os integrantes da quadrilha foram reconhecidos por outras vítimas em roubos anteriores e decorrente a investigação, serão indiciados por latrocínio e associação criminosa. Após os procedimentos cabíveis deverão ser encaminhados ao sistema penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça.