Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A eleição de 24 estudantes-deputados do programa “Parlamento Jovem, realizado pela gerência de educação cidadã da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, vai começar amanhã (21), muito mais cedo que em anos anteriores, em função do calendário eleitoral deste ano. “Devido ao ano eleitoral, estamos antecipando as eleições do Parlamento Jovem”, explicou a pedagoga Paloma Cavalcante, uma das palestrantes do programa. “Para não haver conflito com o período eleitoral a partir do segundo semestre, as eleições serão realizadas apenas com escolas da capital e vão acontecer no Auditório Senador João Bosco, localizado no Centro Técnico do Poder Legislativo”, completou a professora.

O programa “Parlamento Jovem”, desenvolvido pela Escola do Legislativo da Aleam – entidade criada para realizar a capacitação dos servidores da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) – já teve a participação de 645 mil alunos das redes pública e privada, desde que foi criado em 2008. O modelo criado pela Escola do Legislativo já conquistou destaque nacional, já que um dos deputados eleitos representa o Amazonas no “Parlamento Jovem” do Congresso Nacional.

As primeiras escolas a escolherem o aluno deputado que vai representar os colegas na Aleam serão os estudantes da Escola Estadual Dr. Isaac Swerner, do São José II. A votação será realizada na quarta-feira (21), às 8h30. Na quinta-feira (22), às 14h, será a vez dos alunos da Escola Estadual Frei Mário Monacelli, do bairro Alfredo Nascimento. Na sexta-feira (23), às 14h, será realizada a terceira eleição, desta vez com os alunos da Escola Estadual Agnello Bittencourt, do Santo Augostinho. Os alunos-eleitores são todos os estudantes do ensino médio de cada escola.

A previsão é que até o início de maio todos os 24 alunos parlamentares e seus respectivos suplentes sejam empossados como jovens deputados. Eles participarão de aulas sobre Direito Constitucional, Regimento Interno, elaboração de Projetos de Lei e outros assuntos que fazem parte do dia-a-dia do parlamento. Cada aluno será orientado por um deputado e irá elaborar um Projeto de Lei.

“Esse programa é um dos mais importantes que desenvolvemos na Escola do Legislativo. Ficamos muito felizes com a consciência política que os alunos desenvolvem após participarem do Parlamento Jovem”, destacou a diretora da Escola do Legislativo, Jaqueline Ferretti Monteiro.

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •