Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Federação dos Pescadores do Amazonas (Fepesca), comemora a parceria fechada no último sábado, com a Secretaria de Trabalho (Setrab), com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), com o Sindicato dos Metalúrgicos e a Força Sindical para a implementação do projeto que vai levar filé de peixe de várias espécies regionais, como o tambaqui, além de peixe sem as espinhas, como a matrinxã, o pacu e o próprio jaraqui, à mesa dos milhares de trabalhadores do Distrito Industrial de Manaus e aos estudantes das redes municipal e estadual de ensino.

O anúncio foi feito pelo presidente da Federação dos Pescadores e pescadoras do Amazonas, Walzenir Falcão, na primeira reunião, em 2014, com presidentes de colônias de Pescadores em Manaus.

O projeto será levado ao conhecimento da presidente Dilma Rousseff, pelo presidente do PT no Amazonas, Waldemir Santana. “Sabemos que os nossos trabalhadores comem quase que todos os dias, frango, carne e pouco peixe, que é mais saudável e”, afirmou Santana, ao visitar o maior e único entreposto de pescado totalmente legalizado de Manaus, da Federação dos Pescadores do Amazonas, na Betânia. Zona Sul e com capacidade para armazenar e beneficiar mais de 900 toneladas de pescado.

Estiveram presentes na reunião, Anderson Nunes, representante do Ministério da Pesca, Washington Luiz, da Força Sindical, Francinete Lima, da Setrab, além de representante do Prefeito Arthur Neto, o subsecretário da Sempab, Joaquim Lucena. O projeto já foi encaminhado ao governador Omar Aziz.

Na próxima semana, o presidente da Federação Walzenir Falcão e o Presidente do PT e da CUT, Waldemir Santana, devem viajar para um encontro com a Presidente Dilma para expor a novidade e viabilizar o projeto.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •