Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

O Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) aprovou ontem (19) a promoção de mais quatro juízes para a 2ª entrância (entrância final). Com vasta contribuição em Comarcas do interior, os quatro magistrados passarão a atuar como juízes auxiliares na Comarca de Manaus.

Pelo critério de merecimento foram promovidos os juízes Cid da Veiga Soares Júnior e André Luiz Nogueira Borges de Campos. Já pelo critério de antiguidade, foram promovidos os juízes Mateus Guedes Rios e Bárbara de Araújo Folhadela.

O juiz Cid da Veiga Soares Júnior obteve 18 votos do colegiado de desembargadores no processo de escolha que teve nove magistrados concorrendo à vaga. Graduado em Direito no ano de 1990, Cid da Veiga ingressou na magistratura no ano de 2007 e já atuou como juiz titular nas Comarcas de Maraã, Tefé, Urucará e Autazes.

O juiz André Luiz Nogueira Borges de Campos obteve 18 votos do colegiado de desembargadores no processo de escolha que teve dez magistrados concorrendo à vaga. André Luiz formou-se em Direito no ano de 2001, exerce a magistratura desde o ano de 2007 e já atuou como juiz titular nas Comarcas de Juruá, Barreirinha, e Parintins (1º Juizado Cível e Criminal). Já respondeu, também, pelas Comarcas de Itacoatiara, Nhamundá, Boa Vista do Ramos e Beruri. Na Comarca de Manaus já respondeu pela Vara do Juizado Infracional da Infância e da Juventude e Vara de Execução de Medidas Socioeducativas.

O juiz Mateus Guedes Rios foi aclamado pelo Pleno no processo no qual concorreu à vaga com outros 11 magistrados, pelo critério de antiguidade. Mateus Guedes ingressou na magistratura no ano 2007 e já atuou como titular das Comarcas de São Gabriel da Cachoeira, Canutama e Beruri. Respondeu, cumulativamente, também, pelas Comarcas de Tapauá, Codajás e na Comarca de Manaus pelo Juizado da Infância e da Juventude Infracional.

A juíza Bárbara de Araújo Folhadela, da mesma forma, foi aclamada pelo Pleno do TJAM ao concorrer à vaga com outros 12 magistrados pelo critério de antiguidade. Bárbara Folhadela graduou-se em Direito no ano de 2003, exerce a magistratura desde 2007 e já atuou como titular das Comarcas de São Paulo de Olivença, Amaturá, Atalaia do Norte e Anori.


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share