Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares

A Polícia Civil do Amazonas, sob a coordenação do delegado-geral adjunto da instituição, Antonio Chicre Neto, deflagrou ao longo de sexta-feira (18/05), mais uma fase da operação “Peregrino” no município de Lábrea, distante 702 quilômetros em linha reta da capital, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão no combate ao tráfico de drogas naquela região. Além da operação, foi realizada a expedição de 300 Registros Gerais (RGs) destinado à população de Lábrea.

A ação policial resultou na detenção de 15 pessoas, sendo que, dessas, seis foram presas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo e munições de uso permitido. De acordo com o delegado-geral adjunto, os outros nove detidos assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) por uso de substâncias entorpecentes e, logo após os procedimentos na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Lábrea, foram liberados.

Ao longo das diligências, os policiais civis apreenderam duas armas de fogo, munições, drogas, dois aparelhos celulares, além de R$ 114 em espécie. Todos os materiais apreendidos foram encontrados durante os trabalhos de cumprimento dos mandados de busca e apreensão, expedidos pela Comarca do Tribunal de Justiça de Lábrea.

“Realizamos mais uma fase desse trabalho policial com intuito à prevenção e combate à criminalidade nos municípios do estado. Demos início nos trabalhos às 6h, para cumprir os mandados de busca e apreensão que foram expedidos pela Justiça. Conseguimos tirar de circulação seis pessoas envolvidas com o tráfico de drogas que constavam nos mandados. Com toda a certeza isso trará por algum tempo tranquilidade aos moradores de Lábrea”, declarou Antonio Chicre Neto.

Presos e detidos – Durante a operação foram conduzidos para DIP, Edimilson Gomes Ribeiro, 38; Aldemar Abezerra do Nascimento, 32; Martiney Sabino Veiga, 26; Alexandro Souza da Silva, 28; Atagon Cordovil de Souza, 21; Rafael da Rocha Bezerra, 23; Vanderlice Alves Nunes, 22; Rosicleuton Cardoso de Macedo, 20; José Maia de Araújo Bastos, 21; Edson Gomes Riberio, 40; Leandro Alves de Lima, Francisco Geferson de Souza Viana; Ronaldo Oliveira da Costa; Lúcia Nunes Pereira, e Antônio Raimundo Lima. 

Ao término dos procedimentos cabíveis, os seis infratores autuados em flagrantes permanecerão na carceragem da delegacia à disposição da Justiça.

Operação – O delegado-geral adjunto destacou que a operação “Peregrino” irá continuar em todos os municípios do Amazonas, e caso seja necessário, a Polícia Civil do Estado voltará ao município de Lábrea. A autoridade policial ressaltou a contribuição da população para a melhoria da segurança naquele município.

“O sucesso dessa ação policial só foi possível graças à comunidade de Lábrea, que nos auxiliou muito por meio de delações feitas por meio do número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas. Pedimos que as denúncias continuem, asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado-geral adjunto da instituição.

Registros Gerais – Além da operação “Peregrino”, a Polícia Civil do Estado, com o apoio da Prefeitura de Lábrea, realizou a expedição de RGs, contemplando cerca de 300 pessoas do município. Todo o trabalho foi acompanhado pelo vice-governador do Estado, Bosco Saraiva; pelo secretário estadual de Segurança, coronel da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) Anézio Brito de Paiva, e pelo delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Mariolino Brito.


Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares