Compartilhe
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

O presidente do Senado da Colômbia, Ernesto Macías, afirmou ontem (28) que já recebeu a carta com o pedido de renúncia do ex-presidente Álvaro Uribe ao posto.

“Tenho comigo a carta de renúncia ao Senado de Álvaro Uribe, nos próximos dias, quando ele cumprir a licença médica, faremos o trâmite correspondente”, escreveu no Twitter Macías, que faz parte do partido Centro Democrático (CD), o mesmo de Uribe.

Ainda segundo a postagem, o partido pediu ao ex-governante para reconsiderar a decisão. Uribe, que governou de 2002 a 2010, anunciou esta semana que deixaria o Senado após ser citado pela Suprema Corte por um caso de suborno e fraude processual.

A investigação está relacionada a um processo que o próprio Uribe moveu em 2012 contra o senador Iván Cepeda, do partido de esquerda Polo Democrático Alternativo (PDA). O ex-presidente acusou Cepeda de usar provas falsas e tentar convencer ex-paramilitares presos a prestarem depoimentos que o incriminassem por atividades ilegais envolvendo as facções às quais os detentos pertenciam no departamento (estado) de Antioquia.

Uribe, que em março foi reeleito senador com a maior votação da história do pleito para o cargo na Colômbia, assumiu o cargo em 20 de julho. (Agência EFE)


Compartilhe
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares