Valorizar e cuidar ainda mais de seus colaboradores. É com esta visão que a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) vai inaugurar nos próximos dias o Centro de Atenção ao Servidor Miryam Moura Café. A unidade funcionará na sede do órgão, no Aleixo. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Orestes Guimarães de Melo Filho, a estrutura foi montada com o objetivo de assegurar a saúde física e mental do servidor, por meio da execução de programas de promoção, prevenção e segurança no trabalho.

A secretária executiva Adjunta de Atenção Especializada da Capital (SEA)/Susam, Joselita Nobre, explica que o Centro será voltado, neste primeiro momento, ao atendimento aos servidores da sede do órgão. Esses colaboradores, por não estarem lotados em unidades de saúde, enfrentam uma dificuldade maior, quando necessitam de algum suporte médico, durante o trabalho. A intenção, entretanto, é ampliar o alcance da unidade. “Nosso objetivo é acolher todos os funcionários da Secretaria”, afirmou.

Nesta primeira fase, portanto, o Centro de Atenção ao Servidor beneficiará 945 trabalhadores, sendo 850 servidores e 95 estagiários. O local funcionará de segunda a sexta-feira, vinculado ao Núcleo de Humanização da Susam. Não será uma unidade de assistência médica ambulatorial, mas sim de promoção e prevenção em saúde, com foco na questão do bem-estar e saúde do servidor. “Serão desenvolvidas, por exemplo, ações educativas e preventivas de assistência social, psicologia, nutrição, fisioterapia, cardiologia, entre outras, que estimulem os colaboradores a adotarem hábitos saudáveis e a cuidarem da saúde como forma de melhorar a qualidade de vida”, apontou Joselita.

A secretária da SEA Capital enfatiza que as atividades do Centro serão de extrema importância, uma vez que, observa-se o aumento de casos de servidores com problemas de coluna, hipertensão, diabetes, entre outras doenças que, se não houver um trabalho preventivo, leva a quadro graves, inclusive o infarto. Também é preciso ser feito, conforme ela, um trabalho específico junto aos servidores em fase de aposentadoria, para que possam enfrentar bem a nova fase da vida.

Joselita Nobre salienta, ainda, que a criação do novo Centro é um compromisso da gestão com o servidor. Os colaboradores da área, disse ela, cuidam da saúde da população e muitas vezes esquecem de dar atenção a si mesmos. “Queremos que eles trabalhem num ambiente mais humanizado, onde possam ter cuidado com a qualidade de vida”, salientou.

Homenagem – O Centro de Atenção ao Servidor da Susam receberá o nome da ex-servidora Miryam Moura de Cunha, carinhosamente conhecida pelos colegas como Café. Ela faleceu em junho deste ano, aos 79 anos de idade. Era uma pessoa muito popular e muito querida entre os colegas. Em 44 anos como servidora, Café deixou como marca a sua alegria e solidariedade, dedicando-se a projetos que garantiam melhoria da qualidade de vida das pessoas de baixa renda. “Ela se preocupava muito com os funcionários da Secretaria. E esta é uma forma de prestar nossa homenagem”, comentou Joselita.

Café ingressou na Susam em 1974, atuando como agente de saúde rural na SEA Capital. Teve forte atuação na garantia dos serviços de saúde para populações de áreas rurais, coordenando equipes que levavam atendimento médico e odontológico a moradores de regiões de difícil acesso na capital e interior do Amazonas. Coordenou também ações de saúde em escolas e comunidades da periferia da capital. Aos 60 anos, concluiu a graduação em Serviço Social.