Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) já realizou 11.152 cirurgias de catarata e mais 19.457 procedimentos na área de oftalmologia, como consultas, exames e transportes de córnea, de outubro de 2017, até este mês de agosto.

Uma das estratégias utilizadas para ampliar o atendimento a pacientes do Estado que precisam de cirurgia de catarata são os mutirões. Na ação mais recente, entre os meses de maio e julho, a Susam realizou 892 cirurgias, em 11 municípios.

Os municípios contemplados com a ação foram São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Amaturá, Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, Tefé, Coari, Iranduba, Rio Preto da Eva e Parintins.

O secretário estadual de Saúde, Orestes de Melo Filho, ressalta que os mutirões ajudam a ampliar o alcance da assistência à população do interior, principalmente, em áreas onde ainda há poucos profissionais atuando. “Com os mutirões, as pessoas não precisam se deslocar até Manaus, para ter acesso ao atendimento especializado”, explicou.

A secretária Executiva Adjunta de Atenção ao Interior, da Susam, Edylene Pereira, destaca que os pacientes são identificados pelas equipes das secretarias de saúde das cidades atendidas. A Susam leva os profissionais e os procedimentos são realizados nos hospitais dos municípios. “O município faz uma identificação prévia dos pacientes com dificuldade de visão. Em seguida, um médico vai ao local para fazer a triagem e verificar quem realmente precisa da cirurgia. Por último, a equipe médica vai para a cidade, para realizar a cirurgia”, destalhou.

Mais oferta – Em média, a Susam realizou 1.013 cirurgias de catarata por mês no Estado, de outubro de 2017 a este mês de agosto. Para ampliar a oferta deste tipo de cirurgia, a Susam tem selecionado entidades privadas sem fins lucrativos para prestar os serviços por meio de convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Orestes de Melo Filho frisa que a atual gestão vem adotando medidas que permitam ampliar a oferta de atendimentos especializados e a oftalmologia é uma delas, onde há grande demanda. São exemplos dessas ações, também, as campanhas de mobilização, como a que ocorreu no período de 19 de fevereiro a 28 de março deste ano, que ampliou a oferta de atendimento ambulatorial em oftalmologia. Nesse período, num esforço concentrado, policlínicas e prestadores de serviço em Manaus realizaram 1.538 atendimentos.

De outubro de 2017 até agora, foram realizados 19.457 procedimentos, o que dá uma média de 1.760 por mês. Entre os procedimentos ofertados pelo Estado estão consultas para diagnóstico, acompanhamento e avaliação de glaucoma, implantes, reconstruções e transplantes.

Os procedimentos mais realizados no período foram consultas para diagnóstico – 1.646; e consultas de acompanhamento de pacientes com glaucoma – 1.453.


Compartilhe
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares