A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) concluiu, este mês, a substituição de 294 aparelhos de ar-condicionado, revitalizando o sistema de refrigeração das unidades de saúde da capital. A ação faz parte do projeto de reconstrução do setor, que vem sendo implementado pela atual gestão, e que inclui, ainda, investimentos em obras e na manutenção das unidades.

Ao todo, foram adquiridos pela Susam 304 condicionadores de ar, sendo 40 de 12.000 BTUs, 80 de 18.000 BTUs, 96 de 24.000 BTUs, 20 de 30.000 BTUs, 20 de 36.000 BTUs, 38 de 48.000 BTUs e 10 de 58.000 BTUs. Destes, 10 aparelhos são mantidos como reserva, para suprir quaisquer emergências.

Com a conclusão desta primeira etapa, outros 200 condicionadores de ar já estão em processo de aquisição. Entre as unidades de saúde que já receberam os aparelhos e agora estão com os sistemas de refrigeração revitalizados, estão os Hospitais e Prontos Socorros Dr Platão Araújo, 28 de Agosto e Dr João Lúcio; as maternidades Ana Braga, Nazira Daou, Balbina Mestrinho, Azilda Marreiro e Instituto daMulher Dona Lindu; o Hospital Infantil Dr. Farjado; o Chapot Prevost; o Pronto Socorro da Criança Zona Leste, além dos Centros de Atenção Integral às Crianças (CAICs) e à Melhor Idade (CAIMIs) e os Serviços de Pronto Atendimento (SPAs).

A aquisição dos novos aparelhos foi feita mediante diagnóstico realizado pela nova gestão da Susam, ao assumir a pasta. Um levantamento mostrou que os sistemas de refrigeração de todas as unidades estavam em situação precária, inclusive sem serviço de manutenção preventiva adequada.

Mais conforto – O secretário estadual de Saúde, Orestes Guimarães de Melo Filho, avalia que, com os novos aparelhos já instalados e com as melhorias de ordem geral que vêm sendo implementadas, as unidades passam a oferecer maior conforto aos usuários, com atendimento humanizado. “Estamos melhorando a climatização dos ambientes, priorizando as salas de espera, dando um atendimento acolhedor aos pacientes”, afirmou.