Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O boletim de ocorrência registrado no dia 17 deste mês, na Delegacia de Nova Olinda do Norte pela coordenadora da Atenção Básica da Semsa no município, Lucélia França Lima, consta que o subsecretário de Saúde, Newton Castro, tentou desviar 3 mil litros de gasolina para fins não esclarecidos.

De acordo com a funcionária, que atua também, como responsável pela dispensação de combustível na Semsa, três requisições de mil litros cada uma, emitidas em favor do auto posto Santo Antônio, nos dias 13, 14 e 15 deste mês, autorizavam fornecimento do produto ao subsecretário.

Ainda de acordo com Lucélia França, o volume desproporcional de combustível solicitado comparado com o habitual, chamou a atenção do proprietário posto, que tomou a iniciativa de procurá-la com as requisições.

Segundo ela, as assinaturas das requisições não eram dela. Elas teriam sido manipuladas por Newton Castro, denunciado na Câmara Municipal de Nova Olinda, em 2013, por apropriação de bens do município, por Carlinhos Lopes.

Em nota, a Assessoria de Comunicação do Município esclarece que o subsecretário foi exonerado do cargo, embora até o momento não haja  provas contra o mesmo que consubstanciem os fatos.

Confira Nota

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Nova Olinda do Norte, vem a público comunicar que, em relação aos comentários acerca de possível desvio de combustível:

  1. Fora registrado Boletim de Ocorrência para apuração dos fatos;
  2. A Secretária de Saúde não denunciou o subsecretário como está sendo veiculado nas mídias sociais, pois não se sabe quem fez nem tampouco como ocorreu tal fato;
  3. O prefeito Municipal recebeu as informações sobre o fato e determinou a Procuradoria Geral do Município que adotasse as medidas legais cabíveis e necessárias para apuração e punição dos responsáveis, respeitado o devido processo legal, ampla defesa e contraditório.
  4. Mesmo não havendo provas materiais que consubstanciassem a autoria dos fatos, a administração decidiu por exonerar o Servidor ocupante de Cargo Comissionado de subsecretário, por entender que essa atitude ajudaria tanto nas investigações quanto na defesa do servidor, que deverá seguir os trâmites legais;
  5. Finalmente, informamos que todas as medidas jurídico-legais cabíveis estão sendo adotadas para esclarecer a situação e punir os responsáveis, sejam eles quem forem.

A Prefeitura reafirma seu compromisso com a transferência de todos os seus atos praticados!


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •