Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam), por intermédio da Coordenação Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, da Fundação de Medicina Tropical – Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), inaugurou, na segunda-feira (08/07), o quarto Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) para IST/Aids e hepatites da rede estadual, no Centro de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimi) Ada Rodrigues Viana, localizado na avenida Brasil, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus.

A ação faz parte da programação da campanha “Julho Amarelo” em alusão às medidas de prevenção contra as Hepatites Virais do Estado do Amazonas. O novo centro garantirá não somente à população idosa acesso ampliado ao diagnóstico e à prevenção de DST/Aids e hepatites virais, mas também estará aberto à toda população.

A secretária executiva adjunta de Atenção Especializada da Capital (Sea Capital) da Susam, Dayana Mejia de Sousa, destacou que a ampliação do serviço é o cumprimento da regionalização dos serviços para que a população possa diagnosticar-se precocemente e próximo da localidade em que mora. “De dez exames que foram feitos apenas hoje pela manhã, um teve diagnóstico positivo para hepatite. Então, a gente consegue perceber assim, que realmente é necessário e eficaz”, afirmou.

Segundo a secretária, a linha de cuidado dos pacientes diagnosticados com a doença vai ser realizada em parceria com a FMT-HVD para os devidos encaminhamentos no atendimento.

Os outros três CTAs da rede estadual funcionam na FMT-HVD, na Fundação Alfredo da Matta (Fuam) e na Policlínica Gilberto Mestrinho, sendo este último inaugurado no dia 29 de abril deste ano.

De acordo com a coordenadora estadual de IST/AIDS, Dessana Chehuan, a instalação do CTA no Caimi Ada Viana garante ao idosos um melhor acesso ao serviço. “A ideia de introduzir o Centro de Testagem e Aconselhamento no Caimi foi para dar um serviço a mais para a população da maior idade, para que esses idosos não precisem sair do ambiente deles para conseguir esses serviços, já que no Caimi eles possuem todo acolhimento de médico, de fisioterapeutas, nutricionistas e demais serviços. Lá, eles vão poder fazer os testes e conhecer melhor seu estado sorológico”, explicou.

Dessana Chehuan ressalta ainda que os testes de IST/Aids e hepatites virais também são realizados na rotina normal na rede municipal de saúde. No entanto, o Governo está implantado CTAs como forma de ampliar a oferta.  “É uma forma do Governo do Amazonas garantir que mais pessoas tenham acesso ao diagnóstico precoce, o que melhora o tratamento e, consequentemente, a qualidade de vida da pessoa diagnosticada com HIV e hepatite”, afirma a infectologista.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •