Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está preparando a execução da terceira etapa da Campanha Municipal de Vacinação contra o HPV, para o combate ao câncer do colo de útero. A terceira etapa começará no dia 10 de março com a meta de vacinar 49.912 meninas de 11, 12 e 13 anos, que tomaram a primeira dose da vacina ainda no ano passado.

Assim como nas duas primeiras etapas, a Semsa vai disponibilizar a vacinação em 695 escolas municipais, estaduais e particulares, que atendem meninas na faixa-etária específica para a campanha. A previsão é de que a terceira etapa finalize no dia 31 de março, encerrando o esquema vacinal contra o HPV.

A chefe da Divisão de Imunização da Semsa, Isabel Hernandez, informa que as meninas que não tomaram a segunda dose da vacina contra o HPV também poderão dar continuidade à vacinação. “Algumas meninas faltaram à aula no dia programado para a aplicação da segunda dose da vacina. Vamos tentar resgatar esse grupo. Em caso de transferência de escola, solicitamos que os pais procurem a escola anterior para buscar o cartão de vacina das filhas, apresentando o documento para a aplicação da nova dose”, explicou Isabel Hernandez.

A Campanha Municipal de Vacinação contra o HPV teve início no mês de setembro de 2013, quando começou a aplicação da primeira das três doses necessárias para a imunização. A primeira etapa atingiu 49.912 meninas e a aplicação da segunda dose foi em novembro do ano passado, atendendo 46.331 meninas.

Os pais e responsáveis devem ficar atentos à programação de cada escola sobre a data de vacinação, evitando que as alunas percam a oportunidade de imunização contra o HPV, vírus responsável por 90% dos casos de câncer de colo do útero – o tipo de câncer que mais atinge e que mais causa a morte de mulheres em toda a região Norte.

As meninas que não tomaram a primeira dose da vacina contra o HPV, disponibilizada no ano passado pela Prefeitura de Manaus, e que já estão dentro da faixa-etária selecionada, poderão aguardar a campanha nacional que será realizada pelo Ministério da Saúde, também no mês de março.

Sobre o HPV

O HPV é o agente causal de importante e prevalente infecção de transmissão sexual, que pode evoluir para o câncer. É considerado o vírus de transmissão sexual mais comum em função da facilidade de transmissão. Como dado científico, é possível afirmar-se que 60% das pessoas infectadas transmitem o vírus a seus parceiros em um único contato sexual.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •