Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na madrugada deste sábado (13), o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), presidente da Comissão Especial que analisa a Reforma da Previdência, conduziu a aprovação, por 35 votos a 12, do texto da redação final da proposta, que segue para votação em segundo turno no Plenário da Câmara dos Deputados no dia 6 de agosto.

“Encerrada essa honrosa tarefa de ser responsável pela pauta mais importante do país, dedicarei prioritária atenção agora à Comissão Especial da Reforma Tributária que pode ser gravemente nociva à Zona Franca de Manaus”, revelou.

Na avaliação do parlamentar, a proposta, de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), inspirada pelo economista da FGV Bernard Appy, veda expressamente a concessão de qualquer incentivo fiscal e inviabiliza a ZFM, modelo fundando numa política de desenvolvimento regional baseada justamente em incentivos de IPI, PIS, COFINS e IR.

Emenda à ZFM e união da bancada – “Nossa bancada de deputados federais será vigilante e ativa para defender os empregos dos amazonenses”, emendou Marcelo Ramos, que já iniciou a coleta de assinaturas para apresentar, como membro da Subcomissão da Reforma Tributária, emenda preservando as vantagens comparativas do modelo Zona Franca de Manaus.

Ele afirma que, por razões simbólicas, buscou as primeiras assinaturas de apoio à emenda junto aos demais sete deputados federais do Amazonas, que firmaram o seu apoio à proposta de Marcelo Ramos. “Vamos juntos defender nosso Estado dos ataques daqueles que pensam que o Brasil é a Avenida Paulista”, finalizou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •