Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A área de Educação teve prioridade nas emendas da deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), ao Orçamento Estadual para o exercício financeiro de 2020, estimado em R$ 18,7 bilhões. Dentre as 33 emendas apresentadas, destacam-se as ações na área de educacional, mas contemplam também os setores de Saúde, Cultura, Meio Ambiente e de estrutura para entidades sociais, que somam os R$ 6,9 milhões, da cota parlamentar.

Presidente da Comissão de Educação da Aleam, Therezinha Ruiz trabalhou as emendas atendendo as reivindicações do setor de ensino público da capital e do interior do Estado, somando o montante de R$ 1,7 milhão. “Procuramos trabalhar de forma participativa e as emendas são fruto de visitas às escolas e de reuniões realizadas nas comunidades do interior e da capital, ouvindo as demandas de gestores de escolas, de professores e de lideranças”, assinala a deputada.

Para a Prefeitura de Rio Preto da Eva, Therezinha Ruiz propôs o repasse de recursos para a reforma e ampliação da Escola Municipal Alegria do Saber; em São Sebastião do Uatumã, as verbas serão destinadas à reforma da Escola Municipal Adalberto Sarrazim e da quadra de esportes; para a Prefeitura Lábrea, a deputada propôs recursos para a reforma da Escola Municipal Socorro Brito e para o município de Novo Aripuanã, foi proposta emenda para obras na Escola Estadual Guilherme Buzaglo.

“São emendas que vão contribuir para a execução de obras e de ações essenciais para a melhoria das atividades escolares e do ensino dos nossos alunos, que precisam de estrutura adequada”, destaca a deputada.

Para a capital, Therezinha Ruiz propôs emendas para a implementação na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), da Escola de Negócios Sustentáveis de Floresta Tropical Amazônica. Os projetos de pesquisa científica para a Confecção de Próteses de Reabilitação, e da área de esportes desenvolvido pelo professor Jefferson Jurema, no âmbito da UEA, também receberão recursos.

Therezinha Ruiz propôs emendas para aquisição de material para o Programa Educacional Bombeiro Mirim, do Corpo de Bombeiros da PM; Para a Seduc foi proposta emenda para implementar a Semana da Valorização do Educador, evento instituído por Lei de autoria da deputada.

A Fundação Amazonas Sustentável (FAZ) foi contemplada com emenda para o Projeto de Educação de Populações Ribeirinhas no ensino médio, e a Casa da Criança de Manaus também deverá receber recursos para desenvolver o seu Projeto Socioeducativo. Já a SEMED receberá recursos destinados ao Projeto de Jogos Adaptados (JAAVAS).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •