Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O Tottenham confirmou nesta segunda-feira que o atacante Heung-Min Son servirá ao exercito da Coréia do Sul durante o mês de abril. O serviço militar é obrigatório no país e ele aproveitará a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus para realizar isto.

Em tese, o jogador deveria cumprir 21 meses obrigatórios, entretanto, com o título dos Jogos Asiático em 2018, ele foi dispensado deste período.

Son voltou ao seu país natal no final de março, onde está atualmente em quarentena. Em nota, os Spurs disseram que a equipe médica está em contato regular com o atleta, já que ele também está tratando de uma lesão no braço, que sofreu na vitória por 3 a 2 contra o Aston Villa no dia 16 de fevereiro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •