Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho de Lula /
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região arquivou a ação penal em que Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho de Lula, respondia por lavagem de dinheiro – no processo apura irregularidades em financiamentos do BNDES para obras da Odebrecht em Angola.

Na decisão unânime, os três desembargadores que integram a Turma votaram para reconhecer a inépcia da denúncia, afirmando que a acusação era baseada apenas em suposições. A decisão sobre o trancamento do processo diz respeito a Taiguara e ao funcionário dele, Emmanuel.

Há a possibilidade de que os advogados do ex-presidente e de Marcelo Odebrecht peçam uma extensão do trancamento, uma vez que os fundamentos da decisão serviriam para ambos. A denúncia foi feita pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2016. (Veja.com)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •