Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Para democratizar as informações acerca das formas de ingresso na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), foi lançado ontem (16), na Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA/UEA), o programa “Eu na Universidade”, uma parceria da instituição com a Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM). Estiveram presentes na solenidade o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, o secretário de Estado de Educação, Luiz Castro, a deputada professora Therezinha Ruiz (presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas) e mais de 170 alunos da rede pública de ensino da capital e Interior.

O programa é destinado a estudantes e egressos do Ensino Médio com o objetivo de impulsionar o acesso à informação acerca das duas formas de ingresso da UEA: o Vestibular e o Sistema de Ingresso Seriado (SIS), que no ano de 2018 tiveram um total de 81.512 inscritos.

Para o reitor Cleinaldo Costa, a parceria é uma forma de ampliação e desmistificação da Universidade para motivar os alunos a ingressarem no Ensino Superior. “Sabemos que tem muita gente que desconhece os mecanismos de acesso à Universidade, como se dá o Vestibular e o SIS, que ocorre ao longo de três anos do Ensino Médio e é uma grande oportunidade. Há 18 anos, a UEA utiliza a transmissão de aulas por satélite para chegar a todos os municípios do Estado e o ‘Eu na Universidade’ também estará presente no interior através do Centro de Mídias da Seduc, com o mesmo mecanismo, para alcançar os alunos da rede estadual ”, contou.

Programa – Através do material explicativo, aulas direcionadas, campanha educativa desenvolvidas em parceria pelas duas instituições, disponibilizadas durante o intervalo das aulas transmitidas a partir do Centro de Mídias da Seduc-AM, o Programa conta com ações especiais nas escolas da capital durante o ano.

O secretário de Educação, Luiz Castro, explanou sobre o papel da Seduc em orientar os alunos que estão no Ensino Médio para futuras escolhas profissionais. “Muitos jovens deixam de se inscrever no SIS e no Vestibular e acessar a universidade por falta de informação e é justamente essa lacuna que queremos suprir. Nossas escolas têm o papel de preparar os jovens para o Ensino Superior. Agora, com o ‘Eu na Universidade’, poderemos, junto à equipe técnica da UEA, trazer informações para facilitar esse acesso, com informações e o passo a passo de inscrição do SIS, do Vestibular e a isenção de taxas. Essa parceria é, inclusive, uma das iniciativas que caracterizam o novo Governo com a integração das instituições em prol das pessoas”, explanou.

A ação foi parabenizada pela deputada professora Therezinha Ruiz, presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas, que compareceu ao evento e se dirigiu aos alunos presentes. “Muito me honra ser convidada para esse lançamento que marca uma nova fase da educação no nosso Estado, pela qual parabenizo a Seduc e a UEA. Ter o ensino básico e o superior integrados é o que garante uma verdadeira mudança na vida de vocês, alunos, e abrirá portas para que possam seguir sonhos e construir uma sociedade cada vez melhor”, afirmou. 

Lançamento – O lançamento foi acompanhado por 13 municípios do Amazonas, por meio do Sistema Presencial Mediado por Tecnologia (IPTV, Internet Protocol Television) da UEA e também contou com a presença do secretário Executivo Adjunto da Capital (Seduc), professor Bibiano Filho, da secretária Executiva Adjunta do Interior (Seduc), professora Ana Maria de Araújo Freitas, o vice-reitor da UEA, professor Cleto Leal, a coordenadora de Qualidade da ESA/UEA, Marianna Facchinetti Brock, e demais representantes das instituições.

Alunos – Estudantes do Centro de Educação de Tempo Integral Professora Maria Izabel Desterro e Silva, de Iranduba, além das Escolas Estaduais Ruy Araújo e Márcio Nery, de Manaus, também estiveram presentes.

Para o estudante do segundo ano do Ensino Médio do Ceti Maria Izabel, Augusto Santos, o lançamento do programa “Eu na Universidade” é importante para o conhecimento da Universidade nas escolas. “Estou fazendo o SIS e soube sobre o assunto na escola. Eu quero fazer Direito e em Iranduba tem um polo da UEA, mas pretendo vir para a capital, pois tem mais oportunidade. Se eu não passar, pretendo seguir carreira militar”, contou o aluno.

A finalista da Escola Estadual Márcio Nery, Fernanda Gomes, alertou sobre a importância da campanha nas salas de aula visto as desmotivações para o ingresso no Ensino Superior. “Pretendo fazer Medicina ou Psicologia e estudo é minha saída. Devido à crise pela qual o país está passando, as pessoas acabam falando que faculdade não vale à pena, pois quem cursa acaba não tendo emprego, mas não dou ouvidos e foco em meu objetivo”, finalizou.

Neste ano, os processos seletivos de ingresso da UEA, Vestibular e SIS, terão 3.148 vagas para 37 cursos ofertados no Interior e na capital. As provas ocorrerão nos dias 27, 28 e 29 de outubro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •