Reprodução
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Depois de uma breve troca de golpes em pé, a brasileira foi derrubada e, uma vez por baixo, mostrou evolução na arte suave. Assim que repôs sua guarda, Polyana rapidamente travou o braço direito de Emily e escalou uma bela chave de braço, que obrigou a americano a gritar em sinal de desistência. Com informações de ESPN.

Um belo resultado para a pupila de Tata Duarte, que afastou a má fase e a chance de ser demitida da organização. Aos 28 anos, a brasileira acumula cartel com 15 vitórias e quatro derrotas como profissional de MMA.

Por sua vez, Emily, que não cometia desde junho de 2019, quando foi superada por Amanda Ribas, agora acumula dois tropeços seguidos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •