Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fontes seguras do Fato Amazônico, em Boa Vista, afirmam que Rafael Fernandes Rodrigues foi preso na tarde desta sexta-feira (15), na cidade de Pacaraima (RR), cidade brasileira na fronteira com a Venezuela. Ele é suspeito de ter matado a miss Manicoré (AM), Kimberly Karen Mota, na última terça-feira (11).

Ele foi encontrado escondido dentro de um barraco, em área de mata. Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está a caminho de Pacaraima, para trazer Rafael de volta a Manaus.

Local onde Rafael Fernandes foi encontrado, em Pacaraima.

Na manhã desta sexta-feira (15), a Polícia Civil havia informado da possibilidade dele ter adentrado a Venezuela. “A última informação que nós recebemos é que ele estava em Pacaraima (RR), que é fronteira com a Venezuela. Sabemos que a fronteira tem diversas passagens clandestinas, e ele pode ter acessado o outro país por essas entradas.”, explicou o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins.

Eles namoravam há pouco tempo e Kimberly quis dar fim ao namoro.

Prisão decretada

O juiz George Hamilton Lins Barroso, plantonista criminal do Fórum Ministro Henoch Reis, atendeu na terça-feira a pedido da delegada Zandra Ribeiro, que preside as investigações do crime e decretou a prisão temporária por 30 dias de Rafael Fernandes Rodrigues.

Carro destruído

O carro usado por Rafael Fernandes foi localizado bastante destruído, na tarde de quarta-feira (13), após sofrer um acidente na BR -174 (Manaus/Boa Vista).

Entenda o Caso

A Miss Manicoré, Kimberly Karen Mota de Oliveira, 22 anos, foi encontrada morta na madrugada de terça-feira (12) no apartamento de Rafael Fernandez Rodrigues, localizado no Smart Residence, na rua Joaquim Nabuco, Centro de Manaus.

Matéria em atualização


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •