Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O duplo homicídio, no fim da manhã desta quinta-feira, 27, na Avenida Carvalho Leal, bairro de Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, quando um homem não identificado até o momento, apenas por “Werneck” e uma mulher, ainda sem identificação, foi marcado pela truculência do tenente da Polícia Militar, Carlos Eduardo Esteves, que de maneira truculenta e arbitrária prendeu o cinegrafista da TV Band Manaus, Jackson Rodrigues, que fazia a cobertura do crime.

O profissional da imprensa, foi jogado dentro do camburão pelo tenente da Polícia Militar, Carlos Eduardo, que demonstrou total despreparo no lidar com o cidadão e principalmente com o respeito aos profissionais da imprensa que assim como o oficial estavam no local do crime trabalhando e não brincando.

Jackson, depois de ser jogado dentro do camburão da viatura, foi levado ao 1° Distrito Integrado de Polícia, para onde os profissionais da imprensa se deslocaram e em protesto colocaram as máquinas fotográficas, filmadoras e os microfones no chão em frente do DP.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •