Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nas últimas semanas em Manaus, um assunto tem chamado atenção da mídia e também de diversas autoridades da cidade: a invasão tanto por terra, com destruição de áreas verdes, quanto na água, com a proliferação de flutuantes no lago do Tarumã, Zona Oeste. E foi por isso que o vereador Amauri Colares (Republicanos) levantou o debate sobre o assunto, que tem preocupado moradores do local, durante a sessão plenária da quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O parlamentar apresentou imagens de um projeto de resgate da orla do Tarumã, feito pelo deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), que sugere à Prefeitura de Manaus, resgatar o lago do Tarumã e preservar áreas verdes de lazer, por meio de obras de urbanismo, criação de ciclovia e pista de caminhada para que todos possam ter acesso às belezas naturais.

“Manaus precisa que preservemos o meio ambiente com corredores para caminhada, para área onde possamos praticar exercícios físicos e até mesmo destacar o verde da natureza, pois estamos no coração da Amazônia. E é importante que seja feita a revitalização desse trecho, que vai do bairro São Raimundo até o Lago do Tarumã. Eu achei isso muito importante e, por isso, trouxe esse debate para a Câmara de Manaus”, disse o vereador.

Amauri Colares também destacou a má impressão deixada aos visitantes que chegam ao Centro de Manaus.

“E o que a gente observa hoje, começando pelo próprio Centro da cidade, ali na Manaus Moderna, é uma verdadeira degradação ambiental, uma imagem muito ruim para os turistas e até para a população da nossa cidade. Uma falta de higiene total, ali onde tem uma feira de alimentos”, frisou o vereador.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •