FOTO: ROBERVALDO ROCHA /CMM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador Eloi Abreu cobrou explicação do secretário extraordinário de Articulação Política, Luiz Alberto Carijó, a respeito da interrupção do aplicativo Manaus+Luz, que permitia a qualquer cidadão realizar solicitação de reparos na iluminação pública por meio do celular com prazo de 48h. A cobrança ocorreu durante a Tribuna popular, realizada nesta quarta-feira (08), na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O aplicativo gratuito foi lançado em novembro de 2018 pela prefeitura de Manaus e tinha como objetivo atender às demandas exclusivas de manutenção da iluminação pública do Município de Manaus.

“Era um sistema que ajudava a tornar as ruas da cidade mais seguras e que estava funcionando muito bem. Com o aplicativo, o atendimento era mais ágil do que as solicitações por meio de oficio e pelo 0800”


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •