VEREADOR MAURO TEIXEIRA (PODE) DISCURSANDO N O PLENARIO DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS. FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As frequentes interrupções no fornecimento de energia elétrica na cidade de Manaus foram tema de debate entre os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), durante o grande expediente de ontem (8/10), no plenário Adriano Jorge. O vereador Mauro Teixeira (Podemos) iniciou a discussão ressaltando a falta de postura da concessionária Norte Manaus de não se pronunciar sobre o problema.

O parlamentar também destacou que são várias as reclamações feitas pelas principalmente pelas comunidades na zona Norte de Manaus. Segundo ele, vários requerimentos foram entregues a empresa responsável pelo fornecimento de energia elétrica, mas sempre recebe de volta a justificativa de que estão fazendo aquisição de material.

“Mas uma vez peço a empresa Norte Energia, que possa se manifestar nesta casa ou, que procure o nosso gabinete para que tenhamos as devidas programações a serem realizadas para minimizar ou, diminuir as situações de falta de energia que vem acontecendo na cidade de Manaus. Essa falta de energia está prejudicando inclusive os comerciantes que trabalham com material perecível, é ruim para quem fica no prejuízo” declara.

Mauro Teixeira solicitou que a empresa Norte Energia tenha compromisso, responsabilidade com a população manauara e resolva com urgência as constates faltas de energia. Segundo ele, os apagões duram entre duas e seis horas e não têm horário definido para ocorrer.

O vereador Raulzinho (Democratas) destacou que a concessionária de energia está deixando a desejar e disse estar indignado com a falta de respeito dessa empresa para com a população. “Toda vez que chega o verão acontecem esses apagões que demonstram um despreparo imenso por parte dessa empresa, que frequentemente deixa as pessoas sem energia. Eu também sou vítima das constates faltas de energia, nós como vereadores ficamos sem saber o que fazer, infelizmente nós não temos o poder de cobrar e fiscalizar”, frisa.

O vereador Cláudio Proença (PL) disse que sempre que a empresa de energia vem à CMM, nunca traz propostas de melhoria para o fornecimento de energia e ressaltou que as desculpas são sempre as mesmas, sem nenhum fundamento. “Está na hora de nos reunirmos e se for o caso protocolar no Ministério Público uma solicitação para que a empresa preste esclarecimento sobre a falta contínua de energia na cidade de Manaus”, disse.

Segundo Claúdio Proença no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus, os moradores precisam fazer barricadas, queimar pneus no meio da rua, para chamar a atenção das autoridades. “Praticamente todos os dias a energia vai embora e não tem nenhuma justificativa por parte da empresa, de estar fazendo algum tipo de racionamento, ou explicar quais dificuldades estão enfrentando, o que mais ouvimos é o povo se reclamando”, salienta.

A vereadora professora Jacqueline (sem partido), destacou que a falta de energia na cidade de Manaus, está atingindo vários bairros da capital amazonense trazendo prejuízo para a população, que estão tendo seus eletrodomésticos danificados, lâmpadas da iluminação pública queimadas e até abastecimento de água interrompido. “A gente vai ficar em cima da empresa até obtermos uma resposta, pois o serviço está pior do que era antes” finalizou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •