Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Registros divulgados nas redes sociais mostram que parte da população segue ignorando a pandemia do coronavírus. No sábado (22), as baixas temperaturas e a presença de neve na Serra Gaúcha encorajaram centenas de pessoas a saírem às ruas em clima festivo.

Em Gramado, principal cidade turística da região, foi registrada uma forte aglomeração nas ruas que concentram os bares e restaurantes mais badalados. Sem máscara e sem qualquer tipo de distanciamento, as pessoas cantavam, bebiam e dançavam, se “esquecendo” do fato de que a Covid-19 segue fazendo vítimas e que a cidade conta com poucos leitos para o tratamento da doença.

O policial civil gaúcho Leonel Radde denunciou a aglomeração em suas redes sociais. “Hoje, na serra gaúcha… Vergonha de conterrâneos assim: egoístas, covardes e sem empatia alguma”, escreveu, junto a um vídeo que mostra a festa em meio ao frio.

“‘Aí pq o Brasil não pode parar’ sinceramente Gramado, é muito desrespeito com os moradores e trabalhadores, na cidade tem 1 hospital, cada vez aumenta o número de casos, e estamos sempre oscilando na bandeira vermelha, até quando o turismo vai importar mais que uma vida?”, questionou uma internauta no Twitter.

“To muito feliz em saber que Gramado criou uma proteção contra o corona e la todos podem aproveitar a serra nem sem preocupar com o vírus”, ironizou outra usuária da rede social.

Para se ter uma ideia do nível de aglomeração em Gramado, o restaurante de luxo Vatel, um dos principais da cidade, informou que as reservas para este final de semana cresceram 300%.

Até a noite de sábado (22), o estado do Rio Grande do Sul já havia registrado 108.839 casos de Covid-19 e 3.046 mortes causadas pela doença. (Revista Fórum)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •