Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Manipuladores de alimentos serão capacitados pela Vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (Visa Manaus) para evitar riscos sanitários durante o Festival Folclórico do Amazonas 2019, que terá início no mês de junho. Para os interessados, incluindo coordenadores e vendedores de comidas e bebidas, a Visa está oferecendo, gratuitamente, o curso “Boas práticas de manipulação de alimentos em eventos de rua”.

A capacitação tem carga horária de três horas, com certificado, e as primeiras serão realizadas nesta quarta-feira, 22/5, e na próxima quarta, 29/5. Serão quatro turmas no total, sendo duas por dia (uma no turno matutino e outra no turno vespertino). As aulas serão ministradas por fiscais da Vigilância municipal, no auditório do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na avenida André Araújo, nº 1.422, bairro Petrópolis.

A gerente de Vigilância de Produtos da Visa Manaus, Hellen Souza, responsável pela coordenação das capacitações e fiscalizações na área de alimentos, informa que para se inscrever no curso basta enviar um e-mail para [email protected] com nome completo, CPF e número para contato via WhatsApp.

Segundo a gerente, durante o treinamento, os participantes serão orientados quanto à forma adequada de preparo, transporte, acondicionamento e manipulação de comidas e bebidas, além de receberem informações sobre descarte correto de resíduos.

Esse tipo de capacitação faz parte das estratégias educativas da Vigilância Sanitária para garantir mais segurança em eventos de massa. “Em todos os grandes eventos, a Visa Manaus oferece orientação prévia para as pessoas que preparam e vendem alimentos, a fim de que a população não seja exposta a riscos, como o de contaminação alimentar”, ressalta a diretora.

Maria do Carmo acrescenta que, além disso, as capacitações visam evitar infrações sanitárias que podem gerar multa, descarte de comidas e bebidas e até interdição do serviço, se identificadas pela equipe de fiscalização nos dias de realização do evento. “Nós oferecemos o treinamento e depois conferimos se os vendedores estão agindo de acordo com o Código Sanitário”.  


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •