Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Educação Abraham Weintraub divulgou, nesta segunda-feira (27/01/2020), uma notícia falsa, conhecida também como “fake news”, para criticar o jornalista da Bandnews Reinaldo Azevedo e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) – esse último, desafeto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As informações são de Metrópoles.

Em publicação nas redes sociais, Weintraub compartilhou uma frase que diz: “A Bandnews resolveu demitir o jornalista Reinaldo Azevedo“.

O texto foi publicado na noite desse domingo (26/01/2020) e retirado do site NBO.

“Ora, ora, ora e tal e tal e tal. Perguntar não ofende: será que, após os gastos milionários do estado de São Paulo (Doria/PSDB) com rádios privadas, esta pessoa [Reinaldo Azevedo] terá dificuldade em se recolocar? Vejam, paulistas, como o dinheiro de seu IPVA é ‘bem’ aproveitado”, escreveu Weintraub.

Os boatos da demissão do jornalista surgiram após Reinaldo não participar do programa “O É da Coisa”, da Bandnews, na última sexta-feira (24/01/2020). Ao Metrópoles, a Bandnews negou a demissão e disse que o jornalista estará de volta nesta segunda-feira (27/01/2020).

“A Bandnews informa que Reinaldo Azevedo não foi demitido. Na sexta, ele não participou da programação porque teve um compromisso. O jornalista estará de volta hoje”.

Na coluna, inclusive, Reinaldo explicou, já na sexta-feira, que não foi ao programa pois precisou resolver problemas pessoais.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •