Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pelo segundo dia consecutivo a sessão virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas começou tumultuada e acabou sendo suspensa pelo presidente da casa, deputado Josué Neto (PRTB), depois do deputado Wilker Barreto (PODE), se referir as deputadas Alessandra Campêlo (MDB) e Joana Darc (PL) de “Marias do Bairro”.

A pauta da Aleam tem como pano de fundo o processo de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e de seu vice, Carlos Almeida Filho (PTB), esquentou bem antes do bate-boca entre Wilker e as duas deputadas.

Alessandra Campêlo (MDB) não gostou das palavras de Wilker Barreto e disparou:

“Cria vergonha na sua cara, respeite os colegas parlamentares! É um absurdo, falta de respeito. Você ofende a deputada e depois a chama de escandalosa”.

“Retire a ofensa, você é um MACHISTA!”.

Wilker Barreto em tom provocativo, não cedeu repetiu, mas agora no plural “Marias do bairro sim”.

Em nota, o presidente Josué Neto, disse que pelo segundo dia consecutivo teve de suspender a sessão virtual da Assmebleia devido as manifestações antiregimentais.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •