Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rainha dos Baixinhos, Xuxa revelou em entrevista ao jornal Extra que, mesmo em isolamento social por conta do coronavírus, mantém uma rotina agitada com novos projetos, como um livro de memórias, livros infantis, negocia um filme sobre sua vida e uma série documental sobre a última turnê como cantora. Ela ainda falou sobre os “monstros” de seu passado. Com informações de Metrópoles.

“Quando olho para o passado, vejo coisas incríveis e algumas truncadas: pessoas que me enganaram, usaram, roubaram e, às vezes, mexer nisso dói. Foram muitas. Me cobro por ter acreditado muito nos outros. E parece que não aprendo. Vivo deixando, criando monstrinhos que querem falar por mim, viver minha vida ou mesmo achar que são as pessoas mais importantes no meu trabalho.

Ela contou também como está enfrentando a pandemia. “Eu sempre trabalhei muito e ficar em casa é bom, gostoso, mas eu preciso mexer minha cabeça, senão piro”, disse Xuxa.

A apresentadora de 57 anos comentou ainda sobre as críticas que recebe, principalmente quando o assunto é beleza: “Põe chato nisso! E tem outra palavra mais forte… (risos). Às vezes, tenho vontade de mandar todo mundo passear. Mas respiro fundo e penso: ‘Falo ou não falo?’. Não falo”.

Xuxa garantiu à reportagem que não faz terapia e tem vontade de viajar pelo mundo com um mochila nas costas ao lado de Junno Andrade, seu marido

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •