Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O youtuber Gabriel Dantas, mais conhecido como Polado, postou neste domingo (17/5) em seu canal um vídeo com uma carta aberta para o também youtuber Felipe Neto. O motivo seria as cobranças do humorista para que celebridades se posicionem sobre o atual cenário político brasileiro, principalmente sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em um vídeo publicado em seu Instagram no último dia 9, Neto diz: “É uma cambada de covardes. Influenciador que não se manifesta agora é cúmplice. E quem se cala perante o fascismo é fascista”. Vale lembrar que Felipe até deixou de seguir no Instagram nomes como Ivete Sangalo, Whindersson Nunes e Larissa Manoela por falta de posicionamento político.

Polado rebateu o colega de profissão e disse que é a favor da liberdade de expressão, além de ser contra o fato de ter que opinar sobre o assunto. O youtuber ainda disparou que Felipe “falando em tom de ameaça se torna tão autoritário quanto quem você critica”.

Ainda no vídeo, Polado diz que Felipe Neto está “pagando de salvador da pátria”, mas faz qualquer coisa por visualizações, dinheiro e influência. Ele ainda mostrou vídeos onde Felipe reclamava de seus vídeos que eram censurados para maiores de 18 anos por citar “tesão”, “teta” e “raba”, além de drogas como maconha e cocaína.

“É por isso que não considero o Felipe Neto na hora de pensar e agir, e você?”, encerrou Polado no vídeo que já tem mais de 400 mil visualizações.

No Twitter, o público pede que Felipe se pronuncie sobre o vídeo. O assunto, inclusive, está entre os mais citados da rede social, com 73 mil citações. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •